Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura divulga informativo para população

É comum nesta época do ano, as pessoas fazerem podas irregulares sem a observância de técnicas adequadas e sem autorização ambiental. Assim, para auxiliar a comunidade com informações pertinentes à realização de uma poda correta, a  Secretaria  de Meio Ambiente e Agricultura (SEMA),  elaborou o folheto “Aprenda a podar corretamente”. Para uma melhor orientação da população, a Prefeitura Municipal por intermédio da SEMA, está distribuindo um folheto com informações sobre como realizar uma poda correta dentro das definições da Lei.

Fluxo:

Para o corte ou poda de árvores nativas em propriedades particulares, o proprietário deverá solicitar um requerimento na Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura -SEMAA , que fornecerá autorização  ou não dos serviços. Quanto aos locais públicos, a poda deverá ser solicitada também para SEMAA e a SESP- Secretaria de serviços Públicos- Departamento de Parques e Jardins, que já possui autorização legal para este fim.

Nos casos de árvores ou galhos que apresentem risco eminente à população, pode-se acionar a Defesa Civil do município, através do telefone 199. Em árvores que estão atingindo a rede de energia elétrica, deverá ser solicitada a poda na concessionária de energia responsável, que deve ter autorização ambiental para este fim.

Uma dica da Secretaria é que a poda deverá ser realizada nos meses que não possuem a letra “R” em seu nome: maio, junho, julho e agosto. Nestes, a planta se encontra em repouso, facilitando assim sua regeneração. “Somente em casos emergenciais poderá ser feita fora do período”, informa a bióloga da Secretaria de Meio Ambiente Agricultura de Candeias- Carine Nunes.

A poda não pode ser realizada todos os anos, pois podas sucessivas, nos mesmos pontos dos galhos resultam no “envassouramento”, com vários galhos saindo do mesmo local. “Isto poderá resultar em um fluxo de seiva insuficiente e no enfraquecimento dos ramos, comprometendo a saúde das árvores, tornando-as raquíticas, ocas e até provocando a sua morte”, explicou Carine.

Segundo informações da Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura , a poda incorreta ou sem autorização ambiental é passível de sanções previstas na Lei Federal Nº 9.605/2006, Decreto Federal Nº 6.514/2008, Lei Estadual n° 4.529/85 e Lei Municipal Nº 882/2014. “Por isto, é fundamental que a população procure a Secretaria  de Meio Ambiente e Agricultura para buscar informações sobre as podas que deseja realizar para não infringir a lei e sofrer as penas cabíveis”, informou ,Natália Deise- Gestora Ambiental .

A Secretaria de Meio Ambiente fica na no passo Municipal Conselheiro Luiz Viana Filho na Avenida dos Três poderes  ,  no Bairro do Ouro Negro próximo à Câmara de Vereadores. Mias informações através do telefone (71) 3605-0099 – 3601-6967. O recolhimento dos galhos podados, quando colocados no passeio público, é feito pela Secretaria de Serviços Públicos.

Clique aqui para download do Folder.