Prefeito sanciona lei de auxílio para novo fardamento da guarda municipal

Em uma reunião realizada na manhã desta terça-feira (21/9), na Prefeitura de Candeias, o prefeito, Dr. Pitágoras Ibiapina, recebeu 20 guardas municipais para acompanharem a sanção da Lei Nº 1.314/2021, que “institui o auxílio fardamento para os servidores ocupantes dos cargos de Guarda Patrimonial e Guarda Municipal”.   Acompanharam o encontro, os secretários Washington Campos (Governo), Washington de Passé (Serviços Públicos) e a secretária executiva da Sesp, Fabiana da Silva.  

Durante a reunião, Pitágoras falou da alegria de receber os guardas. “Gostaria de receber todos aqui neste momento, mas sei que não seria possível, pois vocês são pessoas de luta e que estão sempre prontos para proteger o patrimônio e as vidas. Nesta oportunidade rara, quero que vocês comuniquem aos demais colegas o apreço e o reconhecimento pelo bom trabalho que vocês prestam a toda população”, expressou o gestor. O prefeito ressaltou que conceder o auxílio fardamento é uma obrigação. “Da mesma forma que já publicamos a lei que institui a Guarda Municipal, pretendemos fazer um concurso no ano que vem, porque neste ano e no ano passado não podemos, por conta da lei”, explicou.

O secretário Washington de Passé falou da oportunidade que a gestão tem dado aos profissionais. “Esse é um momento em que os guardas municipais têm o seu trabalho reconhecido, pelo nosso prefeito e sua equipe. Esses que são servidores que se dedicam independente do horário, seja folga e o que for estão prontos a nos ajudar. Mesmo sabendo que o senhor não pode efetivar esse benefício hoje, mas já deixou tudo pronto para o início do ano que vem e nós já nos alegramos por isso”, disse ele.

O município conta hoje com cerca de 250 guardas que atuam no centro e nos distritos em postos de saúde, escolas e demais unidades públicas. Já o comandante, Valter Nepomusceno, também se expressou sobre o auxílio. “Para nós, é uma alegria ter o nosso trabalho reconhecido pelo chefe do executivo”, ressaltou.

Texto: Nailan Brasil – Ascom/PMC.