Jogos Estudantis terminam com brilhantismo

A primeira edição dos Jogos Estudantis 2019, realizada pela Prefeitura de Candeias, por meio da Secretaria de Educação – Seduc, e Secretaria de Esporte – Sesla, chegou ao fim com grandes momentos para estudantes/atletas, professores, arbitragem e organizadores. De agosto a outubro os estudantes das redes públicas e privadas de Candeias, tiveram dias inesquecíveis mostrando garra e determinação, deixando claro o comprometimento e superação dos alunos, muitos destes que nunca tinha praticado esporte, e que, a partir dos jogos estudantis, já inseriram o esporte nas suas vidas. A maior competição escolar do município contou com a participação de 22 escolas, públicas e privadas, com alunos de 11 a 17anos, que se superaram e deram o melhor de si no campeonato.

Para o prefeito, Dr. Pitagoras Ibiapina, este foi um momento singular para os estudantes da cidade que tiveram no esporte mais um incentivo para a vida escolar. “Este evento é uma ação pedagógica, formativa e de socialização que vem para somar com outras iniciativas desenvolvidas pelos professores no cotidiano da sala de aula”, disse.

Participantes

Os jogos foram disputados pelas Escolas Municipais: 14 de Agosto (Caroba), Albertina Dias Coelho (Passé), Alfredo Serra, Argentina Castelo Branco (Colônia), Conselheiro Luis Viana (Menino Jesus), Egberto de Carvalho Ferreira, Ivonice Costa Sotero (Passagem dos Teixeiras), Julieta Viana, Nova Candeias, Papa Paulo VI, Tércia Borges, Yeda Barradas Carneiro; as Escolas Estaduais, Cidade de Candeias, Colégio da Polícia Militar, Professor Dásio, Luis Viana, Nossa Senhora das Candeias, Ouro Negro, Polivalente e particulares: Colibri, Santa Rita e São Lázaro. As modalidades esportivas disputadas pelos alunos foram voleibol, handebol, atletismo, baleado, basquetebol, futebol de campo, artes marciais, animadoras de torcidas e futsal.

Finais

Na final do Basquete masculino, 11 a 13 anos, a escola Yeda Barradas foi campeã e o Paulo VI, vice-campeão; na faixa etária 14 a 17, o título ficou com o CPM, que repetiu o feito no feminino, ficando o Paulo VI com o vice-campeonato; no handebol masculino´, 14 a 17 anos, o Ouro Negro sagrou-se campeão deixando como vice-campeão o Yêda Barradas. Na disputa feminina, o Colibri ficou com o título de campeão e Ouro Negro, com o vice.

O baleado 11 a 13 anos, feminino, o São Lázaro bateu o Colibri, ficando com o título de campeão. No masculino o Colibri fez bonito e arrematou o título de campeão, deixando o Yeda em segundo lugar. Na faixa etária 14 a 17 do baleado masculino o Argentina foi o campeão e Alfredo Serra, o vice e no feminino, o Argentina repetiu a dose deixando o título de vice-campeão com o Paulo VI. O voleibol masculino 14 a 17 foi disputado pelas escolas Ouro Negro e Yêda Barradas, tendo como campeão o Ouro Negro, no Voleibol Feminino 14 a 17, a disputa foi entre o Ouro Negro e São Lázaro, onde o Ouro Negro repetiu a dose, sagrando-se campeão.

Com a bola no pé, na disputa do futsal masculino, 11 a 13, o Julieta Viana conquistou o título de campeão, desbancando o Colibri, que ficou com o vice. No feminino o Paulo Vi foi o campeão e o Santa Rita, vice. Na faixa etária 14 a 17, feminino, o Luis Viana foi o campeão e Nova Candeias o vice e no masculino o Argentina foi campeão e o Ouro Negro ficou com o título de vice-campeão. No futebol de campo, 11 a 13, o Santa Rita ficou com o título de campeão e o Luiz Viana, com o vice-campeão, na faixa-etária 14 a 17 foi o CPM que ganhou o título, deixando o Alfredo Serra como segundo colocado. Nos dias 5 e 6 de novembro vai ser disputado o futsal masculino da Educação de Jovens e Adultos – EJA.

Premiação

A festa de premiação dos campeões e vices vai ser realizada no dia 8 de novembro, às 9h, no Ginásio de Esporte Professor José Cardoso.