Candeias: Reunião discute mais ações de prevenção aos efeitos da chuva

Os secretários do Gabinete Civil, Ivan Palma, de Obras, Francisco Fialho, de Serviços Públicos, Marivalda Silva, de Transporte e Trânsito, Washington Campos, de Desenvolvimento e Assistência Social, Joelma Anedie, e o coordenador da Defesa Civil Municipal, Everton Souza, se reuniram emergencialmente na tarde desta terça-feira, 4, para discutir novas ações de prevenção contra os efeitos da chuva que castiga com intensidade Candeias nas últimas 24h.
Ontem e hoje, a Defesa Civil recebeu mais e 30 chamadas de cidadãos preocupados com problemas em várias ruas e todas as áreas consideradas de risco. As localidades foram visitadas por homens da Prefeitura de Candeias, que mantém plantão de 24h para quaisquer ocorrências.
Houve alagamentos nas Ruas Maranhão, no Bairro da Pitanga, e Marechal Deodoro, no Bairro do Santo Antônio, e, na Urbis II, caiu o muro, mas sem atingir residência onde mora uma senhora. Ninguém ficou ferido.
Segundo Everton Souza, as ações completam as ações já adotadas como limpeza de canais, de bocas de lobo e beira de córregos, capinação e varrição de locais considerados de risco o que diminuiu os efeitos da forte chuva entre ontem e hoje. No período, choveu 75 mm, o esperado para o mês.
Ele alerta a população em localidades para convocar a Defesa Civil ao notar qualquer anormalidade pelos números 199 ou (71) 3605-2574.
A reunião no fim da tarde de hoje serviu para discutir medidas que possam ser adotadas em casos considerados extremos.
Boletim
A previsão meteorológica indica continuidade de chuva com possibilidade de pancadas nos próximos dois dias – quarta e quinta-feira.
O boletim do Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais) registra áreas de risco de movimentos de massa no município que se caracterizam pela presença de taludes de corte/aterro mal executados em encostas de alta declividade. As encostas são ocupadas por moradias, na maioria, de elevada vulnerabilidade. Esta situação associada à precipitação incidente e a previsão meteorológica indica que podem ocorrer deslizamentos pontuais e induzidos nas áreas de risco mapeadas.