Bairro do Ouro Negro recebe Roda de Conversa para o Fórum Municipal de Prevenção á Violência

A população do Bairro Ouro Negro participou na manhã desta quarta-feira (16), na Escola Tércia Borges, da roda e conversa para o Fórum Municipal de Prevenção á Violência. Para esta roda foi enviado convites para comunidade, condomínio Candeias I e II, além de igrejas, hospital, câmara de vereadores, Fórum, MP e justiça do trabalho, órgãos que funcionam no Bairro.

Este projeto foi pensado pela atual gestão do município por entender a importância de envolver a sociedade na construção das ações para coibir a violência no município.

Paulo Santos, pai de duas alunas da escola Tércia Borges, falou da necessidade da ronda escolar, além da fiscalização no transporte escolar como forma de reduzir a violência. “Moro no Malembá, mas minhas filhas estudam aqui. Tem pessoas que pegam o transporte escolar, más não são alunos”, relata Paulo.

Para o professor, Álvaro Arcanjo, é muito importante que os pais dêem atenção aos filhos, que conversem. “Sempre converso com os alunos e pergunto a alguns deles como é a relação deles com os pais, alguns chegam a chorar”, comenta o professor que também ressaltou a importância da parceria entre os pais e a escola.

Ao final do bate papo foi passado para os presentes um questionário para que pontuassem os problemas e possíveis soluções. Após as rodas de conversas acontecerá o Fórum previsto para o dia 06 de junho, e em seguida serão desenvolvidas e aprimoradas ações e atividades para combater a violência que abate o município de Candeias.

  

NASCE O ESTAÇÃO CULTURAL:  o mais novo conceito de fomento cultural da cidade.

Na última sexta-feira, dia 10 de Novembro de 2017, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Candeias inaugurou o Projeto Estação Cultural, revitalizando um dos espaços mais importantes do Município, a Antiga Estação Ferroviária, construção histórica com cerca de 100 anos de existência, que fez parte do passado da cidade, e hoje, se apresenta não apenas como uma concepção de passado, mas de presente e futuro para os cidadãos candeenses.

O Estação Cultural nasce de uma iniciativa que visa ocupar diferentes espaços da cidade, promovendo e fomentando a cultura, nos mais variados segmentos, e proporcionando a socialização e interação das pessoas.

Assim sendo, a estreia do Estação Cultural, que contou com a coordenação do Produtor Dilton Tola, e mediação do Diretor de Cultura, Jean Souza, abrilhantou a noite da Antiga Estação, com muita música, bate papo, dança e alegria, e contou com a presença de admiráveis artistas da cidade, como: Márcio Parede (Músico e integrante da Banda Quarteto Refinado), Ditocar, Nai, Natali Brasil, Paloma Di Paula, Dj Marve BigHead, Marielson Araújo, Bruno do Pan, Sâmela Bispo, Negra Rios, Sauara Santos, Herika, Ariele Batista, Sauane Santos, Faby Vilaverde e Rafael Dos Anjos. Além da presença de Paulinha, Presidente da Câmara de Dirigentes Logistas de Candeias – CDL.

Para o Prefeito, Dr. Pitágoras, o Estação Cultural é um projeto inovador e irá contribuir significativamente não só para difusão e valorização da cultura local, mas para elevar a auto estima dos cidadãos e fortalecer o orgulho de ser candeense.

Nas próximas edições, que ocorrerão, a princípio, uma sexta-feira por mês, o maior propósito é tornar a Antiga Estação Ferroviária em um espaço livre, aberto para qualquer tipo de arte e manifestação cultural, promovendo a inclusão, cor, som, dança, artes teatrais e circenses, poesia, conhecimento, diversão e alegria para o povo candeense, enquanto consumidores e fazedores de cultura e arte, de modo que, gradativamente, o Município de Candeias respire cultura por todas as partes e regiões.