Prefeitura participa de oficina para elaboração de Roteiros Turísticos

A Prefeitura, por meio das Secretarias Municipal de Cultura e Turismo e Planejamento e Desenvolvimento Urbano, participou no dia 02 de Outubro, de um encontro promovido pela Secretaria de Turismo do Estado, em Salvador, com a presença de representantes de mais 17 Municípios situados na Região da Baía de Todos os Santos, para tratar de assuntos referentes à elaboração de Roteiros Turísticos que contemplem a Baía de Todos os Santos – BTS. Representaram o município no evento o Secretário de Planejamento e Desenvolvimento Urbano, Robson Santana, a Assessora Especial da SECULT, Fernanda Rocha e o Conselheiro Municipal de Turismo, Pedro Rebouças.

O Museu Wanderley Araújo Pinho, será nesse primeiro momento o grande atrativo turístico com a reforma que será realizada, algo em torno de trinta milhões de reais. Já a partir do início de 2018, serão feitas as reformas do casarão sede, a fábrica de açúcar, reconstrução do cais, e implantação de um projeto sustentável que gere emprego e renda, além da potencialização da boa culinária, atraindo a chegada de turistas pelo mar e terra.
Foi incluída na proposta a reforma das estradas que dá acesso ao museu, dentre outras reivindicações, a construção do Plano de Zoneamento Ecológico Econômico do litoral de Candeias.

A expectativa, no caso do Município de Candeias, é de que vários atrativos culturais, religiosos, naturais e ambientais estejam presentes no Roteiro da BTS, de modo que Candeias se desenvolva, enquanto potencial turístico, assim como importantes Distritos situados no Município. A gestão municipal acredita ser primordial para fortalecimento de Rotas e Roteiros Turísticos, a conexão de Candeias com cidades circunvizinhas, para que todas possam se beneficiar, promovendo um turismo de qualidade e de acordo com os princípios da sustentabilidade.

Todos os processos das obras da reforma já se encontram em fase de licitação pelo governo da Bahia. Em breve serão incluídos nesse roteiro, o Distrito de Passé nas localidades de Rio do Cunha e Mucunga, com a visitação as ruínas da Igreja de Nossa Senhora da Encarnação de Passé. Para isso será necessário a construção dos Cais no distrito de Passé.