Secretários de Meio Ambiente e Cultura fazem visita técnica às obras do Museu Wanderley Pinho

Os secretários Carlos Ibiapina (Meio Ambiente) e Lucrécia Brito (Cultura), estiveram ao lado do secretário de Turismo da Bahia, Fausto Franco na manhã desta quinta-feira (15), fazendo uma visita técnica nas obras do museu Wanderley Pinho, no distrito de Caboto.

Na oportunidade, eles fizeram uma caminhada por todos os pontos da obra e puderam detectar as mudanças estruturais do museu. De acordo com os técnicos da obra, a requalificação do equipamento já está entrando em fase final. A evolução dos serviços envolvem recuperação da edificação, restauração do acervo e do acesso por via marítima.

Após requalificado, o museu abrigará restaurantes, lanchonetes, miniconvention, cerimonial e salas multiuso que vão possibilitar a realização de grandes eventos, com até 500 pessoas, o que tornará o equipamento autossustentável.

“Tenho certeza que a utilização do museu irá fomentar a economia da nossa cidade, além de trazer entretenimento e reconhecimento mais amplo daqui de Caboto”, ressaltou Carlinhos.

Museu

Com um acervo de mais de 200 peças e achados arqueológicos que remontam ao ciclo do açúcar, o museu ocupa um casarão de quatro andares e 55 cômodos no antigo Engenho Freguesia, e inclui ainda uma capela.

Tombado como patrimônio nacional pelo Iphan, a construção possui grande importância arquitetônica e cultural, sendo administrado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac).

Com informações da Ascom – PMC.

Defesa Civil interdita imóvel no Malembá; família é acolhida pela Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social

A Defesa Civil decidiu interditar um imóvel na Rua Bela Vista, no bairro do Malembá, na tarde deste sábado (10/4). De acordo com o superintendente da Defesa, Abdoral Júnior, existe o risco de desabamento da casa. “Precisamos tomar atitudes de precaução, para evitar prejuízos piores e danos às vidas das pessoas que moram em área de risco”, disse. A Prefeitura de Candeias direcionou um engenheiro civil para avaliar a construção. Uma assistente social vai fazer o atendimento dos quatro moradores do local, para oferecer acolhimento à família.

A Defesa Civil segue tomando as medidas preventivas, desde a última quinta-feira (8), com interdição dos lugares que estejam em risco, por conta das chuvas que caem há três dias no município, umedecendo o solo e aumentando o perigo de desabamento, principalmente dos imóveis construídos em locais irregulares. Desde janeiro, o órgão recobriu mais de 20 encostas com lonas plásticas, realizou capinagem, limpeza de córregos e canais, para reduzir os danos causados pelas chuvas previstas para os meses do outono e inverno.

Alerta à população

A defesa alerta para os cuidados com a vida nesse período chuvoso para não ficar próximo a árvores, evitar trânsito nas chuvas fortes, evitar situações de risco, denunciar áreas irregulares e, em caso de emergência, acionar os telefones (71) 3601-6016 e 3605-2574 durante o dia. Para ocorrências durante a noite os telefones são 199 e 98715-2693.

Com informações da Defesa Civil – PMC.

Previsão informa ocorrência de chuvas moderadas a fortes no fim de semana

Imagem: CPTEC.

Os boletins de previsão do tempo consultados pela Defesa Civil de Candeias na manhã deste sábado (10/4) informam ocorrência de chuvas moderada a forte, podendo gerar acúmulos de água expressivos em alguns pontos. O aviso meteorológico foi emitido pelo Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos – CPTEC, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE e o monitoramento por região é realizado pela Somar Meteorologia. A instabilidade na região acontece por causa de uma frente fria presente sobre o oceano que vem da parte litorânea do estado.

No domingo, a expectativa é que seja reduzida a frequência e a intensidade das chuvas. Mesmo assim, o tempo ficará nublado e com possibilidade de chuvas fracas. Além de Candeias, a CPTEC informou mais 47 cidades afetadas pelas chuvas neste fim de semana. A Defesa Civil está em plantão 24 horas e atende pelos telefones (71) 3601-6016 e 3605-2574 durante o dia. Para ocorrências durante a noite os telefones são 199 e 98715-2693.

Com informações da Ascom – PMC. Imagem: Somar Meteorologia.

Defesa Civil informa que não houve ocorrências na madrugada de quinta para sexta

A Defesa Civil da Prefeitura Municipal de Candeias informou na manhã desta sexta-feira (9/4), que não houve ocorrências durante a madrugada, apesar das chuvas que caíram pela segunda noite consecutiva.

“A madrugada foi tranquila, em relação a ocorrências, mas a equipe da Defesa Civil não parou os trabalhos, já que tivemos um dia bastante agitado”, informou o superintendente, Abdoral Júnior. Ele contou que na quinta-feira foram notificados cinco alagamentos e duas vistorias em casas.

O órgão recebeu 24 solicitações de coberturas de encostas; 14 já foram cobertas e as demais serão feitas a partir desta manhã. Hoje ainda os distritos serão visitados pelas equipes.

A Defesa está em nível de alerta vermelho, com avaliação de melhora no fim de semana. O próximo boletim com a previsão do tempo deve estar disponível no meio dia. “Mesmo assim, pedimos aos moradores que têm construção de imóveis irregulares, que não se arrisquem. A Defesa Civil está a postos para atender, em caso de emergência, nos acione”, reforçou ele. Os atendimentos acontecem 24 horas pelos telefones (71) 3601-6016 e 3605-2574 durante o dia. Para ocorrências durante a noite os telefones são 199 e 98715-2693.

Com informações da Ascom – PMC. Foto: Rafael dos Anjos.

Defesa Civil acompanha pontos críticos da cidade para evitar alagamentos e deslizamentos de terra

O grupo de trabalho da Defesa Civil tem acompanhado os pontos do município onde existem riscos de deslizamento de terra e de alagamentos, desde a madrugada desta quinta-feira (8/4). De acordo com o superintendente Abdoral Júnior, o trabalho preventivo de macrodrenagem de córregos e proteção de encostas começou em janeiro.

“Hoje temos 17 ocorrências em andamento e a Defesa Civil está acompanhando de perto com seus agentes. Fazendo um balanço, os riscos diminuíram com o trabalho antecipado que fizemos há 60 dias”. Abdoral acrescentou que as ocorrências diminuíram por conta da proteção das encostas com lonas e dos trabalhos em andamento de drenagem em vários bairros, por parte da Secretaria de Infraestrutura e Obras.  

O Boletim da Defesa Civil informou até às 12h: 32,9 mm de chuva, 30 atendimentos telefônicos e 16 atendimentos presenciais. As ocorrências de alagamentos foram cinco, sendo na Pitanga, Santo Antônio, Centro e Malembá e um desabamento de muro no distrito de Passé. A Defesa ainda fez 02 vistorias em moradias e 16 coberturas de encostas em andamento.

Os índices pluviométricos mostraram que choveu, em média, 32 milímetros na cidade, desde a madrugada até às 8h da manhã, quantidade que foi avaliada para o dia inteiro. A previsão é que continue chovendo o dia inteiro e durante o fim de semana, com melhora no domingo. A Defesa Civil atende em plantão de 24 horas pelos telefones (71) 3601-6016 e 3605-2574 durante o dia. Para ocorrências durante a noite os telefones são 199 e 98715-2693.

Com informações da Defesa Civil – PMC. Fotos: Rafael dos Anjos.

Equipe da Secretaria de Juventude celebra Dia Mundial da Saúde neste 7 de abril

A equipe da Secretaria Municipal de Juventude, da Prefeitura de Candeias, celebrou o Dia Mundial da Saúde, junto aos agentes saúde da Central Covid-19, da Clínica de Imunização Proteger e do Posto Médico Luís Viana, na manhã desta quarta, 7 de abril.

Os funcionários da Sejuv prestaram uma homenagem com agradecimento. “Prestamos essa pequena homenagem aos heróis e heroínas que estão na luta diária pela vida, especialmente contra a pandemia”, disse o secretário da Sejuv, Josevaldo da Silva, o professor Val. Bombons em simbolismo e gratidão aos profissionais também foram entregues na oportunidade.

Com informações da Sejuv – PMC.

Especial Candeias: Dia Mundial de Conscientização do Autismo é lembrado por crianças, pais e profissionais do Espaço Querer Bem

Às vésperas da Páscoa, pais e responsáveis levaram crianças e adolescentes na manhã da terça-feira (30) ao Espaço Querer Bem, em Candeias, para participar das atividades lúdicas especiais do dia, preparadas pelos profissionais do lugar. De acordo com a coordenadora, Talita Ramalho, foi a terapia temática de “Caça aos Ovos da Páscoa”.

São crianças que tiveram o diagnóstico do Transtorno do Espectro Autista (TEA) e, há sete meses, passaram a ser acompanhadas por assistentes sociais, psicólogos, fonoaudiólogas, psicopedagoga, neuropediatra, musicoterapeuta, educadores físicos e nutricionistas, os quais fazem parte da equipe do centro.

“O tratamento das crianças com diagnóstico de TEA envolve uma equipe multidisciplinar que atua no processo de aprendizagem e reaprendizagem, possibilitando assim que as crianças desenvolvam suas habilidades”, explicou Talita. A coordenadora disse ainda que os profissionais trabalham com uma abordagem interdisciplinar de acolhimento não só às crianças, mas também aos familiares.

Desde a inauguração, em 14 de agosto de 2020, pela Prefeitura de Candeias, por meio da Secretaria de Saúde, o Espaço Querer Bem, que é uma clínica especializada no atendimento a crianças autistas, já presta assistência a 101 famílias.

Nesta sexta-feira, 2 de abril, é celebrado o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. A data, estabelecida em 2007 pela Organização das Nações Unidas, tem por objetivo divulgar informações para a população sobre o autismo e assim reduzir a discriminação e o preconceito que cercam as pessoas diagnosticadas com a síndrome neuropsiquiátrica. Além da felicidade pela Páscoa, as pessoas expressaram a alegria pelo dia especial.

As crianças são acolhidas desde a chegada no espaço.

Crianças e pais do Querer Bem falam sobre o Autismo

Nicola Gabriel, de 9 anos, agradeceu por participar da conversa e contou que tem muitas amizades no Espaço. “Eu gosto de vir pra cá com a minha mãe. Tenho muitas amizades, brinco muito e aprendo”, disse ele. “Gosto demais de tecnologia. Sempre que posso passar um tempo no celular, eu pesquiso muitas coisas interessantes”, completou.

Já a mãe de Pedro Enzo, de 6 anos, Fabiana dos Santos, explicou que a comunicação do garoto apresentou melhoras no decorrer dos meses. “Cada tratamento é importante para o desenvolvimento dele. A fono, dra. Rafaela, ajudou muito para melhorar a comunicação do Enzo. Eu sou muito feliz por isso”, disse.

Diego de Paula, pai do Igor, de 10 anos, considera o trabalho grandioso. “As pessoas que atuam aqui fazem um trabalho de excelência. Muito temos a conquistar, mas agradecemos por tudo que já conquistamos. Meu campeão desenvolveu muito. Agradecemos à gestão pela sensibilidade, porque antes, era tudo mais difícil para nós, que somos pais.”, expressou ele, emocionado.

Profissionais explicam os tratamentos

Assistente Social, Alessandra Araújo – “Após a inclusão, o Serviço Social direciona e acompanha a família e a criança para o trabalho multidisciplinar com todos os profissionais que intervêm no processo, criando assim condições para desenvolver habilidades que ajudem no presente e no futuro, a serem autônomos e conquistarem um lugar no mundo social e no trabalho. A intervenção do Serviço Social junto às famílias é realizada com estratégias criadas para acompanhar as crianças com sua adaptação, dificuldades e a melhoria na qualidade de vida”.

Fonoaudióloga, Rafaela Pereira – “É importante destacar que uma das características do TEA é o comprometimento da linguagem, seja ela na comunicação verbal ou não verbal. O objetivo do fonoaudiólogo é observar as características de cada criança, estabelecendo aumento da funcionalidade na comunicação, estimular a compreensão e expressão verbal, ampliar a independência cognitiva e funcional auxiliando no convívio na sociedade”.

Psicopedagoga, Julivalda Batista – “O psicopedagogo ajuda a reforçar positivamente os comportamentos adequados e ensina a criança com TEA o que deve ser feito em determinada situação. Para isso, repete e ensina quantas vezes forem necessárias com paciência e respeito às dificuldades encontradas pelo autista”. Julivalda explicou que no Querer Bem, os problemas de aprendizagem da leitura e escrita em crianças tem tratamento psicopedagógico interventivo através das brincadeiras.

Neuropediatra, Fernanda Bomfim – “Observamos o nível TEA nas crianças, porque o autismo pode ser leve, moderado ou grave. A equipe multiprofissional que inclui tanto a parte médica quanto os terapeutas, acompanham essas crianças, e, a cada atendimento, vai dando orientações às famílias. A acessibilidade à informação para os pais é outro ponto importante e nós orientamos a eles as fontes de informações confiáveis. Também precisamos orientá-los, seja com cursos de capacitação, com reuniões, porque precisamos construir o conhecimento junto às famílias no dia a dia. Os educadores, professores, precisam se sentir seguros e capacitados para a inclusão escolar, que é algo extremamente interessante, porque essas crianças têm o potencial de aprendizagem muito grande.”

Coordenadora, Talita Ramalho – “Se enxergássemos o amor sobre o olhar de um autista, seríamos uma sociedade muito mais acolhedora. Os autistas são seres humanos extremamente brilhantes e capazes, e merecem uma sociedade mais consciente e tolerante.”

O que é o autismo?

O nome oficial é Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), que é uma condição de saúde caracterizada por déficit em duas importantes áreas do desenvolvimento, sendo a comunicação social e o comportamento. Não há só um tipo de autismo, mas muitos subtipos, que se manifestam de uma maneira única em cada pessoa. Tão abrangente que se usa o termo “espectro”, ou seja, indício, pelos vários níveis de comprometimento. Existem as pessoas com outras doenças e condições associadas (comorbidades), como deficiência intelectual e epilepsia, até pessoas independentes, com vida comum, que nunca tiveram diagnóstico de autismo.

Encaminhamento ao Espaço

Para ter acesso aos tratamentos oferecidos na clínica, o usuário deverá comparecer a unidade de saúde, que fica localizada na Rua 15 de Novembro, S/N, munido de encaminhamento médico ou relatório, informando o diagnóstico de TEA, RG, CPF, Cartão SUS e comprovante de residência. A partir daí será feito o cadastro e o encaminhamento às terapias.

Texto: Nailan Brasil – PMC. Fotos: Rafael dos Anjos e Leonardo Silva.

Candeias recebe décimo lote de vacinas com 1.720 doses; pessoas a partir de 66 anos serão vacinadas

Mais um lote de vacinas foi entregue em Candeias, na tarde desta sexta-feira (26/3) com 1.720 doses. As vacinas serão direcionadas a um novo público na próxima segunda-feira (29). Serão os idosos com idade a partir de 66 anos, pacientes em tratamento de hemodiálise, população quilombola e trabalhadores da saúde. Estiveram presentes a vice-prefeita, Marivalda da Silva, os secretários Marcelo Cerqueira (Saúde), Washington Campos (Governo e Gestão), Washington Paraguaçu (Sesp), o coordenador e a subcoordenadora de imunização, Adilson Oliveira e Bárbara Matos. O trabalho contou também com o apoio da Guarda Patrimonial e da guarnição da 10° CIPM.

A imunização acontece na Clínica de Imunização Proteger, ao lado do Posto Médico Luís Viana, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A pessoa deve portar documento de identidade, cartão do SUS, cartão de vacinação e comprovante de residência.

A vacinação domiciliar para pacientes acamados e com dificuldade de locomoção deve ser solicitada pelo familiar ou responsável do idoso no Posto de Saúde da Família (PSF) mais próximo da sua residência ou na Proteger.

O ônibus Expresso da Saúde também está incluído no Programa de Imunização. Na segunda-feira (29), a unidade estará com a equipe de vacinadores no distrito da Colônia.

Critérios para entrega das vacinas aos municípios

Candeias cumpre o pactuado na Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que estabelece que, para os municípios receberem novas doses, devem manter-se com mais 85% de aplicação das primeiras doses recebidas. Com o décimo lote de imunizantes, a cidade totaliza 9.430 doses recebidas. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, até a noite da quinta-feira (25), foram aplicadas 7.218 doses.  

Com informações da Ascom – PMC. Fotos: Rafael dos Anjos e Camila Brito.

Segundo dia de entrega da Santa Cesta acontece nos distritos

Nesta sexta-feira (26/3), foi o segundo dia de entrega da Santa Cesta nos distritos de Candeias, para os beneficiários do programa social bolsa família e para aqueles que estavam cadastrados no Cad Único.

Os agentes da Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social – Sedas, utilizando todos os protocolos de higiene estiveram entregando cestas e peixes nas localidades da Boca da Mata, Loteamento São Braz, Canta Galo, Vila Feliz, Quarenta, Assentamento Sem Terra, Assentamento União, São Francisco, Posto Sanca, Fazenda Caruaçú, Fazenda Mamão, Colônia Landulfo Alves, Mangabeira, Cedro, Burizeiro, Pasto de Fora, Massuim de Dentro, Massuim de Fora, Pindoba, Malembá de Baixo e Rosário.

Tanto o prefeito Dr Pitágoras, quanto a primeira dama e Secretária da pasta, Soraia Cabral acompanharam de perto a entrega dos alimentos.

“Estamos sempre mobilizados no SEDAS, para atender melhor a nossa população. Neste momento realizamos a entrega da Santa Cesta, nos planejamos com antecedência, buscando cumprir todos parâmetros para atender de melhor maneira a população candeense”, ressaltou Soraia.

Já o prefeito ressaltou a importância da ação mas alertou sobre a importância da proteção contra o coronavírus. ” É com muita satisfação que venho acompanhar essa entrega. Conheço a realidade do nosso povo e antes só entregavam peixes, quando assumimos a gestão colocamos uma farta cesta por entender que só o peixe não era suficiente, precisava de muito mais. Aproveito e faço um alerta à população: se puder fique em casa, use máscara e mantenha o distancimento social”, destacou.

Os beneficiários também comemoram mais um ano da ação e refletiram sobre o momento de dificuldade por causa da pandemia.

Moradora do Canta Galo, Cláudia Pereira.

“Neste momento difícil de pandemia, essa cesta me ajudará muito, sou dona de casa e este alimento será essencial na minha mesa”, relatou a beneficiária do distrito de Canta Galo, Claudia Pereira.

Não diferente foram as palavras da moradora de Menino Jesus, Ednalva Nascimento do Distrito de Menino Jesus. “A Santa Cesta chegou em momento oportuno, trazendo alimento para mim e para os meus familiares nesta Semana Santa”.

As entregas foram realizadas na quinta-feira (25), e sexta-feira (26), na sede e também nos distritos. Foram pouco mais de nove mil cestas básicas e 18 mil quilos de peixe.

Com informações da Ascom – PMC. Fotos: Rafael dos Anjos.

Moradores dos bairros vão ao Nasce para entrega da Santa Cesta nesta quinta-feira (25)

Muitos moradores dos bairros de Candeias estão se movimentando em direção ao Núcleo de Atendimento Socioeducativo – Nasce, na manhã e na tarde desta quinta-feira (25), para entrega da Santa Cesta, realizada pela Prefeitura de Candeias, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social – Sedas.

Ainda hoje, as entregas acontecem em Caroba, Caboto, Fazenda Madeira, Menino Jesus, Passagem dos Teixeiras e Passé. Participam também o prefeito, Dr. Pitágoras, a vice-prefeita, Marivalda da Silva, e a secretária do Social e primeira dama, Soraia Cabral.

São os beneficiários do Bolsa Família que pegaram os tickets entre os dias 10 e 23 de março nas escolas e Cras do município. Na sexta-feira (26), as entregas serão nas unidades de referência dos demais distritos.

O morador do bairro Dom Avelar, André de Souza, disse que foi bom ter vindo. ” Vim pegar a cesta para minha filha. Está tudo bem organizado e a cesta é boa. Nesse momento, é importante tudo isso, porque tem muita gente precisando”.

As amigas Célia Rocha e Nilzete de Jesus contaram que a Santa Cesta é a providência para o mês. “Eu estava precisando em casa. Deus abençoe por isso”, agradeceu a Célia.

Elidiane dos Santos, que mora no centro, elogiou o trabalho. “Bom trabalho, boa cesta. Saí sete horas da manhã e já fui atendida. Deus abençoe a todos”. A beneficiária falou da satisfação de participar dos programas das cestas especiais.

A secretária Soraia Cabral explicou a organização para realização do trabalho. “Mobilizamos todos os funcionários da secretaria. É um trabalho ininterrupto, de, em média, um mês antes, para que possamos entregar a todos aqueles que tem direito e que precisam da cesta”.

De acordo com Soraia, o programa Santa Cesta foi instituído em Candeias no ano de 2017, visto a necessidade de complementar a entrega de peixes da Semana Santa. “O gestor percebeu que antes e em outros municípios eram entregues somente o peixe, então foram colocados os demais itens para compor a mesa completa da população”. A secretária lembrou que nesse momento de pandemia, a cesta deve trazer, de alguma forma, mais alegria para as famílias.

O prefeito, Dr. Pitágoras, entendeu que precisava incrementar a cesta das pessoas. “Eu vi que é importante ter o peixe, mas que era preciso inserir outros complementos, para ter uma mesa nutritiva nesses dias. Assumi um compromisso com o povo que, enquanto gestor da Prefeitura de Candeias, o povo teria uma cesta com todos os alimentos”, afirmou.

Composição da cesta da Semana Santa

A Santa Cesta contém um quilo de arroz, farinha, feijão, sal, uma garrafa de óleo, um extrato de tomate, uma farinha de milho, um pacote de café, um pacote leite em pó, uma sardinha enlatada, uma margarina, um pacote de massa de sopa, biscoito doce e salgado e dois quilos de peixe corvina.

Repórter: Nailan Brasil – PMC. Fotos: Rafael dos Anjos.